Fatores de Desenvolvimento no Delta do Rio das Pérolas: Lógica de Integração Espacial e Coerência Sistémica

(1996-2000)

 

Coordenação

Professor Doutor Narana Coissoró

 

Equipa

  • Victor Marques dos Santos
  • Isabel Caetano
  • Heitor Romana
  • Carlos Piteira
  • Isabel Cabrita
  • Ana Cristina Alves

 

Grupo de investigação

Globalização e os Países Asiáticos (2008-2012).

 

Financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia

Referência: PRAXIS/PCSH/OUT/185/96

 


 

Objetivos

  1. Analisar as características regionais na perspetiva da integração da atividade económica no Sudeste Asiático.
  2. Identificação de padrões de redes na região.
  3. Identificação de tendências de desenvolvimento de redes, de acordo com os fatores de desenvolvimento.
  4. Desenvolvimento sistemático de uma análise das relações prospetivas entre algumas áreas da indústria portuguesa internacionalmente competitiva e oportunidades de negócio na região, nomeadamente no sector das tecnologias de informação.
  5. Definir um enquadramento para o planeamento estratégico do desenvolvimento de indústrias culturais.

 

Resultados do Projeto

  • Publicação do relatório final do projeto em inglês, intitulado “Macau in the Pearl River Delta”.

 

voltar ao topo

Revista de Imprensa Asiática Principais Notícias

  • sexta, 22 setembro 2017 Japão - Filipinas

    The Duterte administration’s economic managers and the Japanese government next week will firm up financing commitments for P315.4 billion in big-ticket infrastructure projects, the Department of Finance said Friday.

     

  • sexta, 22 setembro 2017 Japão

    The Japan Coast Guard will strengthen its training system for JCG officers stationed on Miyakojima island in Okinawa Prefecture, a base for the defence of waters around the Senkaku Islands, known in Taiwan as the Diaoyutai Islands, according to sources.

     

  • sexta, 22 setembro 2017 Coreia do Sul

    According to a survey conducted last month by professor Lim Dong-kyun from University of Seoul, 89.5 percent of some 1,202 respondents said that the new law was effective. Some 45.6 percent said the impact was little, while 5.6 percent said the changes were huge.

     

Ver todas