O Estado da Arte do Culto da Possessão na Ásia do Sul | The State of the Art of Spirit Possession in South Asia

 

 

Pedro Matias Santos
Professor Auxiliar no ISCSP-ULisboa, Investigador no Instituto do Oriente, Rua Almerindo Lessa, Pólo Universitário do Alto da Ajuda, 1300-663 Lisboa, Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

 

 

Abstract:
The cult of possession early on has been exerting a fascinating influence on the anthropologist’s imagination and to be a topic of study, a privileged expression of otherness, covering cultural variations in different ethnographic contexts. In the Indian subcontinent ethnography, the production of texts around the possession cult has been very fruitful. This text production has been dealing with the issue in question from different perspectives: the psychoanalytic interpretations, on the one hand, the possession of the cult seen as a form of social control, on the other hand, and also a newer approach that addresses the phenomenon of possession as ontological reality as it is understood by its participants, ie, a more emic approach, which takes into account the interpretation of the representations shared by groups and individuals studied. The objective is to make a state of the art in order to understand ethnographic information collected in this scope (Santos, 2015).

Keywords: spirit possession, psychoanalytical interpretations, social control, emic approach

 

Resumo:
O culto da possessão desde muito cedo tem vindo a exercer uma influência fascinante no imaginário do antropólogo e a constituir um tópico de estudo, expressão privilegiada de alteridade, cobrindo variações culturais em diferentes contextos etnográficos. Na etnografia do subcontinente indiano, a produção de textos em torno do culto de possessão tem vindo a ser bastante profícua. Esta produção de textos tem vindo a tratar a temática em causa sob diferentes perspectivas: as interpretações psicanalíticas, por um lado, o culto da possessão visto como forma de controlo social, por outro lado; e ainda uma abordagem mais recente que trata o fenómeno da possessão como realidade ontológica tal como ela é entendida pelos seus participantes, i.e, uma abordagem mais emic, que tem em conta a interpretação das representações partilhadas pelos grupos e os indivíduos estudados. O objectivo é fazer um estado da arte com o objectivo de compreender informação etnográfica recolhida nesse âmbito (Santos, 2015).

Palavras-chave: Culto da possessão, interpretações psicanalíticas, controlo social, abordagem emic

 

 

 

voltar ao topo

Daxiyangguo - Revista Portuguesa de Estudos Asiáticos

Revista de Imprensa Asiática Principais Notícias

  • sexta, 22 setembro 2017 Japão - Filipinas

    The Duterte administration’s economic managers and the Japanese government next week will firm up financing commitments for P315.4 billion in big-ticket infrastructure projects, the Department of Finance said Friday.

     

  • sexta, 22 setembro 2017 Japão

    The Japan Coast Guard will strengthen its training system for JCG officers stationed on Miyakojima island in Okinawa Prefecture, a base for the defence of waters around the Senkaku Islands, known in Taiwan as the Diaoyutai Islands, according to sources.

     

  • sexta, 22 setembro 2017 Coreia do Sul

    According to a survey conducted last month by professor Lim Dong-kyun from University of Seoul, 89.5 percent of some 1,202 respondents said that the new law was effective. Some 45.6 percent said the impact was little, while 5.6 percent said the changes were huge.

     

Ver todas