Macau - Plataforma Giratória Económica entre a RPC e a África Lusófona

(2005-2010)

 

Coordenação

Professor Doutor Narana Coissoró

 

Equipa de investigação

  • Narana Coissoró
  • António Vasconcelos de Saldanha
  • Heitor Romana
  • Carlos Piteira
  • Ana Cristina Alves
  • Álvaro Nóbrega
  • Andrea Valente
  • André  Silveira
  • Dilma Esteves
  • Íris de Brito
  • Lúcia Tavares Martins
  • Leila Leonor Monteiro de Andrade

 

Grupo de Investigação

Globalização e os Países Asiáticos (2008-2012).

 

Financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia

Referência: POCI/CPO/57122/2004

 


 

Objetivos

Num contexto internacional em que a China assume um peso cada vez maior no plano económico global, reveste especial interesse o estudo da expansão do investimento chinês em África, e para Portugal, em particular, da mais-valia que é o denominador comum da língua portuguesa no relacionamento da China com os PALOP`s através de Macau.

  • Analisar não só a nova função estratégica de Macau e a extensão da influência económica chinesa naqueles países (volume e sectores de investimento e ajuda ao desenvolvimento).
  • Avaliar em que medida Portugal poderá desempenhar um papel relevante enquanto facilitador / interlocutor neste novo enquadramento.
  • Formar, com o apoio da FCT, jovens investigadores especialistas nestas áreas.

 

Resultados do projeto

  • Publicação do livro "Macau, O Elo China-PALOP´S", em português e em inglês.
  • Tese de mestrado “"Relações de Cooperação China-Africa: o Caso de Angola", por Dilma Esteves.
  • Realização do seminário internacional China In The Developing World: South And Southeast Asia, Africa and Latin America", na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, de 17 a 19 de junho de 2008.
  • Intercâmbio entre investigadores portugueses e chineses.

 

voltar ao topo

Daxiyangguo - Revista Portuguesa de Estudos Asiáticos

Revista de Imprensa Asiática Principais Notícias

  • sexta, 13 abril 2018 Rússia - EUA

    Russia's UN Ambassador Vassily Nebenzia urged the United States and its allies on Thursday (April 12) to refrain from military action against Syria over a suspected chemical weapons attack and said he "cannot exclude" war between Washington and Moscow.

     

     

  • sexta, 13 abril 2018 Camboja

    The former leader of a Cambodian opposition party said he would call for a boycott of national elections this summer if opposition parties are not allowed to take part.

  • sexta, 13 abril 2018 Coreias

    South Korea reiterated Wednesday that it has ruled out North Korea’s human rights record as an agenda item for the upcoming inter-Korean summit, while the United States said it may touch on the sensitive issue.

     

Ver todas