Macau - Plataforma Giratória Económica entre a RPC e a África Lusófona

(2005-2010)

 

Coordenação

Professor Doutor Narana Coissoró

 

Equipa de investigação

  • Narana Coissoró
  • António Vasconcelos de Saldanha
  • Heitor Romana
  • Carlos Piteira
  • Ana Cristina Alves
  • Álvaro Nóbrega
  • Andrea Valente
  • André  Silveira
  • Dilma Esteves
  • Íris de Brito
  • Lúcia Tavares Martins
  • Leila Leonor Monteiro de Andrade

 

Grupo de Investigação

Globalização e os Países Asiáticos (2008-2012).

 

Financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia

Referência: POCI/CPO/57122/2004

 


 

Objetivos

Num contexto internacional em que a China assume um peso cada vez maior no plano económico global, reveste especial interesse o estudo da expansão do investimento chinês em África, e para Portugal, em particular, da mais-valia que é o denominador comum da língua portuguesa no relacionamento da China com os PALOP`s através de Macau.

  • Analisar não só a nova função estratégica de Macau e a extensão da influência económica chinesa naqueles países (volume e sectores de investimento e ajuda ao desenvolvimento).
  • Avaliar em que medida Portugal poderá desempenhar um papel relevante enquanto facilitador / interlocutor neste novo enquadramento.
  • Formar, com o apoio da FCT, jovens investigadores especialistas nestas áreas.

 

Resultados do projeto

  • Publicação do livro "Macau, O Elo China-PALOP´S", em português e em inglês.
  • Tese de mestrado “"Relações de Cooperação China-Africa: o Caso de Angola", por Dilma Esteves.
  • Realização do seminário internacional China In The Developing World: South And Southeast Asia, Africa and Latin America", na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, de 17 a 19 de junho de 2008.
  • Intercâmbio entre investigadores portugueses e chineses.

 

voltar ao topo

Daxiyangguo - Revista Portuguesa de Estudos Asiáticos

Revista de Imprensa Asiática Principais Notícias

  • sexta, 19 outubro 2018 Rússia - Ucrânia

     "Officials with the Federal Security Bureau of Russia said that Russian border guards detained three ships of the Ukrainian Navy as the 

    latter were trying to travel across the Black Sea from the port of Odessa to the port of Mariupol in the Sea of Azov. The Ukrainian
    warships committed a number of provocative acts, FSB officials said."

     

     

     

  • sexta, 19 outubro 2018 Filipinas

    "MANILA: Rights groups raised fears yesterday after Philippine President Rodrigo Duterte announced plans to create a “death squad” targeting 

    suspected communist rebels, saying it would worsen the “calamity” triggered by his deadly drug war."

     

  • sexta, 19 outubro 2018 EUA - CHINA

    “Tit-for-tat retaliation” may be the singular option for the United States to halt an ever-broadening Chinese influence campaign that 

    targets American freedoms and democracy, according to a report written by some of the US’ most prominent China experts and issued on
    Thursday."

     

     

Ver todas